À sombra do discurso pronto

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

A última polêmica na Ressacada é velha e atende pelo nome de "contrato do Rafael Costa", que foi renovado.

É sabido que o veterano-jovem jogador é uma unanimidade. Negativa, pois. E não é nem assim uma unanimidade burra. Desde que apareceu no Avaí, vindo de uma organização sindical travestida de time de futebol, o Pelezinho, ou o Rafa Costa, como referia-se o inominável ex-técnico azurra, nunca rendeu os frutos esperados.

Contudo, diferente do processo habitual do futebol, quando jogadores, técnicos e até dirigentes que não correspondam à expectativa e passam a receber seguro-desemprego, o Rafa Pelezinho Costa foi ficando. Hoje é mais antigo que alguns dirigentes. Os quero-queros que habitam nosso tapete sagrado já tiveram duas gerações de ninhadas. Quatro casas próximas à Toca do Leão tiveram suas fachadas pintadas pelos seus donos em dois natais. Um ponto de ônibus mudou de lugar. Até a grama sazonal já foi trocada. Lembremos que quando ele chegou ainda não havia camarotes no setor ensolarado do estádio. Portanto, o nosso não-artilheiro é velho pra dedéu, hein.

Ocorre que os negócios do futebol não são lineares e sofrem multiplas variáveis. Nem sempre um bom negócio é contratar um excelente jogador e, muitas vezes, mandar um pereba embora com uma mão na frente e outra atrás é pior que roubar ovo de avestruz: fica-se com um peso nas mãos e o risco de tomar uma baita bicada no fiofó.

Por isso, a diretoria avaiana fez o que devia ser feito. Renova e vende. Livra-se de um peso morto e ainda ganha uns trocadinhos com isso. "ah, mas duvido que alguém queria esse homem". Bom, se até um Felipe Melo fez parte da seleção brasileira e disputou uma Copa, tenho esperanças renovadas.

O que não pode são os discursos prontos a cada medida tomada na Ressacada. Tudo o que se fizer por ali está sempre errado. A engenharia de obras prontas está sempre a postos. É uma maravilha!

11 comentários:

  1. Concordo. Se tem alguém que faz melhor, deveria se propor a fazer.

  1. Felipe Matos disse...:

    Se ele for vendido até fevereiro, retorno aqui para te dar os parabens pelo texto.

    Se não for vendido, retorno aqui para ler um outro texto teu retificando o atual.

    Digo até fevereiro porque duvido que ele seja vendido num valor tamanho que cubra esses meses de com o salario que dizem que ele ganha...

    enquanto isso, continuo passando sempre por aqui para ler as postagens euheueh

    abs!

  1. Cleberson, a minha dúvida é exatamente essa. Se tem alguém que faça melhor.

  1. Felipão, acho que pegaste a coisa (sem segundas intenções, hein. hehe). É exatamente isso, esperar.
    O cara é ruim de dar dó, mas depois de fazer graduação, pós e doutorado no Avaí, sair de mãos abanando e o Avái não ganhar nada com isso, aí é de matar.
    Pelo menso um contratinho já assegura ganhar uns trocados com produto reciclável.

  1. Felipe Matos disse...:

    Alexandre, o problema não é garantir receber em caso de venda, e sim conseguir vender. Se conseguir, a ação realmente merece o parabens. Se não tivermos em breve uma noticia, vou aguardar seu novo texto, hein! heheh
    abs!

  1. Gerson Santos disse...:

    ALEXANDRE, em tese o seu raciocínio é perfeito. O problema é que se o moço não foi negociado até agora, porque o será daqui pra frente sabendo que seu próprio time nem fez camisa para que fosse usada num dos campeonatos mais insignificantes da República?

    A próxima carruagem a passar será, se não me engano, no segundo semestre do ano, quando do campeonato nacional sub-23. Daqui até lá nada, absolutamente nada se tem de concreto para que possa alçar vôos para outras pradarias.

    Já tentaram empurrar Gustavo, Medina, Thiesen etc para outros clubes e sempre voltaram com o rabo entre as pernas e com prejuízos socializáveis a serem acrescentados na folha do Avaí. Esse filme é velho, não funcionou, não funciona, não funcionará.

  1. Gerson, teu raciocínio também é perfeito. Mas não esquece de me dar os números da mega sena de hoje.

  1. Gerson Santos disse...:

    Anota aí:
    Concurso n. 1252
    * 02
    * 14
    * 35
    * 39
    * 49
    * 51

  1. É, eu sei, acabei de conferir. Não deu. Vais ficar sem o salmão na brasa que eu ia preparar se ganhasse.

  1. Thiago disse...:

    Nao acredito que consigam vendê-lo. Ja que tem esse dinheiro sobrando, eu pagaria salario pro Evando. Nem que fosse para ele jogar 3 partidas na temporada, mas marcaria 3 gols! Esse Avai faz coisa mesmo.

  1. Gilberto disse...:

    Daí Alexandre, quanto tempo.
    Poxa, comparar o Rafael Costa com o Felipe Melo é sacanagem, amigo. Nosso Felipe Melo é o Bruno, rsrs.
    Quanto ao Rafael Costa lanço uma sugestão, já que ele não foi de contra-peso para o Coritiba, manda emprestado para um time do Estreito, sabe ...

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets