A virgem desabrochou

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Os avaianos estão mais aliviados hoje. Já vejo sorrisos e um rastilho de esperança. Já há projeções e algumas contas a favor estão sendo feitas. Daqui a pouco vai até sair uma parada pelo orgulho avaiano. E não é pra menos.
O time do Avaí, neste ano de 2011, vamos combinar, não existiu. Os lampejos de bom futebol junto a peladas medíocres e patetadas administrativas nos davam a certeza que iríamos morrer virgens neste campeonato brasileiro. Bom, ainda estamos perto disso, só para lembrar.
Não fizemos uma partida de encher os olhos, nada disso! Falta muita coisa a ser arrumada. Muita mesmo. Mas, só para se ter uma idéia de como estamos atrasados, a forma de jogar que o Avaí apresentou contra o tal de Grêmio foi muito melhor do que todas as partidas pelo catarinense e por esta parte inicial do brasileirão. Não vou falar pela Copa do Brasil, pois ali a motivação é outra, tanto é assim que o Vasco está tropeçando e o Coritiba ainda não se acertou.
E nem foi assim uma partida para nos tranquilizar. Não fizemos nada impressionante além daquilo que um time de futebol deve fazer: jogar organizado. Funções definidas, marcação consistente e ataques objetivos. Tudo o que não existiu nesse Avaí-2011. E por causa disso há a animação da torcida. Vejam como somos facinhos de enganar. Há o vislumbre de que podemos crescer mais, levar mais a sério um campeonato, ambicionar melhores coisas. Basta se levar isso com coragem e responsabilidade. O que não pode é um clube com esta tradição se tornar uma idiocracia.
Na parte da direção fizeram muita força para que caíssemos, é verdade, mas também sei que estão entendendo que a instituição Avaí deve ser respeitada. Que não apenas negócios são importantes, mas a história e o comprometimento com os valores avaianos devem ser preservados. O pessoal dos camarotes refrigerados está trabalhando.
Para ser bem honesto, ainda não espero pontuações nas próximas rodadas. Não que eu não queira, mas penso ser o fator menos importante. O que eu quero é um time forte, aguerrido e consistente dentro de campo, pois aí, sim, as vitórias virão ao natural. Bem melhor do que alguns enganadores que estão vencendo agora, e que vão chorar lá na frente.
Falta muita coisa, a viagem é longa, o nosso destino está a quilômetros à frente. Mas, os avaianos têm algo que lhes é peculiar: sentem orgulho de ser avaiano. A baixa auto-estima nos faz berrar a plenos pulmões quando coisas erradas estão sendo feitas, quando não se tem cuidados devidos com o Avaí. Por isso nos sentimos assim. Dessa maneira, exigimos que ao menos um pouco de dignidade fosse oferecida à nação avaiana. Parece que está começando a surgir, ainda que um tanto tímida. Mas, estamos precisando.

4 comentários:

  1. Concordo Aguiar, falta muita coisa ainda, mas, pelo menos ontem o time se mostrou mais organizado dentro de campo e mais motivado. Que continue assim!

  1. Agora temos uma semana pra lamber as feridas e tapar a boca do pessoal. Tá na hora de se resolver os perrengues dentro de casa, né.

  1. Anônimo disse...:

    VÃO cair pra serie b seus merdas

  1. Anônimo disse...:

    avaiana Vagabunda, vo comer tua bunda iiiii a Bucheta, eeeeEEEEeeeee pota pra fuder (8)

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets