Enfrentando a tempestade

sábado, 1 de outubro de 2011

No Oeste americano, às vezes caem tempestades muito pesadas. Elas começam de repente com chuvas congelantes e a temperatura despenca abaixo de zero. Então, terríveis ventos frios começam a trazer enormes pedras de gelo. A maioria dos bois que estão no campo aberto vira de costas para as rajadas de vento e gelo. Com a força do vento, eles não conseguem resistir e começam a ser empurrados, até que inevitavelmente são jogados contra a cerca de arame farpado e não conseguem mais sair de lá. Em grandes tempestades, muitos bois acabam morrendo por causa dos ferimentos.
Mas uma raça de bois sempre sobrevive. É conhecida como “Hereford”. O que eles fazem durante as tempestades? Eles não se viram de costas para as rajadas. Instintivamente eles enfrentam o vento forte. Vários bois se juntam, ombro a ombro e, com as cabeças abaixadas, ficam de frente para a tempestade. Assim, juntos, conseguem suportar por horas. Segundo os criadores de gado, nas tempestades em que a maioria dos bois morre, os Herefords são quase sempre encontrados vivos e saudáveis.

Este texto eu recebi em minha caixa de e-mail dia destes. Diz ser de autor desconhecido, sei lá. Nem tinha a ver com o Avaí. Mas eu gostei. Penso que se adequa completamente à situação que enfrentamos.

Nunca vou fazer força para que o Avaí caia ou se estrepe para provar a minha tese de que a administração do Avaí errou, e errou feio. De maneira alguma adotaria o "quanto pior, melhor". Há muita gente pensando nisso por aí, de que a queda do Avaí, a sua derrocada, o insucesso, tudo isso contribuiria para que o presidente Zunino fosse escorraçado da Ressacada. Como coisa que a simples troca de um dirigente por outro fosse a garantia de sucesso. Inocentes úteis. Ou nem tanto.

O fato é que, quem quer enfrentar as tempestades da vida tem que fazê-lo de peito aberto. Errando e acertando. Tomando pancada, caindo e levantando. Aqueles que correm da tempestade virando as costas para ela e achando que ontem era melhor do que hoje são uns nadas, são apenas e tão somente uns eternos fracassados. Vão se estrepar na primeira cerca de arame farpado.

O Avaí não precisa destes.

3 comentários:

  1. É isso aí Aguiar!
    É enfrentar de peito aberto, apoiar até o fim!
    Os VERDADEIROS Avaianos foram representados ontem, lá no aeroporto!
    Quanto aos do P.D.C. (Partido dos contra), adeptos ao MAL, RB$ e ao "quanto pior melhor", são INÚTEIS ao Avaí!

    Vamo Vamo Avaí!!!
    Paixão Prá Toda Vida!!!

  1. Dinho, essa gente pode ter uma penca de seguidores, ter suas palavras aprovadas, mas são igual a uma fórmula matemática.
    0+0=0

  1. São esses tais e e seus manipulados/seguidores que rasgam carteirinha de sócio, deixam de ir ao estádio e usam a internet prá ficar só na cornetagem, claro, porque assim é bem mais fácil...

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets