As frescuras do Avaí

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A cada dia fico mais inclinado a agir como o grande Felipe do VidAvaí: mudar de discurso e passar a escrever coisas triviais, sem colesterol e açúcar. Ele é que está certo. As lições que o Avaí nos ensina, diariamente, são de uma verdadeira faculdade. De incongruências. E isso motiva a gente a se afastar, antes que a jabulani estoure.

No último final de semana eu me indispus. Não ia ao jogo contra o Ceará, embora tenha ido, tenha me divertido, me extasiei pelo bom futebol apresentado, etc, etc. Mas, eu sou um torcedor de futebol. E não gosto de frescuras, de onde quer que venham. E torcedor de futebol quer ver jogadores se doando em campo, ou, ao menos, sujando o bumbum na grama.

Pois é aí que meu estômago anda repleto de ácido, corroendo os ossos do respeito. Eles não quiseram jogar antes e agora querem. Eles deixaram o Avaí numa podre e agora dizem que vão morrer pelo clube. Eles nos negaram o troço mais elementar nesse esporte, que era jogar bola em campo e agora beijam o escudo. E nós, palhaços, ainda temos que ir lá aplaudir, pois, ora, somos avaianos. O Avaí acima de tudo. Vamo vamo, Avaí e tal e o Avaí não pode cair.

Faço coro aos blogs Pitaco Azul e De Virada, que dizem, enfaticamente, não terem gostado da derrota de ontem.

E não é pra gostar mesmo, pois se a frescurite que assomou o nosso grupo de ex-guerreiros não tivesse ocorrido, agora essa derrota seria digerida com água, sem problemas.

Vou Sábado à Ressacada? Claro que vou, gosto de futebol, sou torcedor, não torço contra e apoio sempre. Mas o meu cinismo está na décima potência e aí desses caras se agora deixarem o Avaí cair.

Se estamos assim é por culpa indistinta desses caras que usam os nossos uniformes. E também de quem apostou neles. Nem vou discutir se o técnico é bom ou ruim, se é inexperiente, se jogador fulano é baladeiro, se outro é evangélico, se um chegou a mil pelo Brasil, se o dirigente tal é isso ou aquilo. Não quero mais saber do entorno. Chega. Deu. Cansei.

Só quero saber de uma coisa. Nos colocaram nessa situação? Pois muito bem, agora tirem.

8 comentários:

  1. Felipe Matos disse...:

    Simbora ser um ermitão avaiano na Costa de Dentro? heheh abs!

  1. Tá valendo uma caipirnha e uma tainha na brasa.

  1. Favor incluir meu nome no rol dos convidados dessa programação etílico-gastronômica...
    O texto reflete mais um erro fora de campo, justamente no ano que deveria ser da consagração do Avaí Futebol Clube.
    Em tempo: ficaremos outra vez entre os classificados para a Copa Sul-Americana.
    Até amanhã! Te dou carona outra vez...
    Abraços!
    André Tarnowsky Filho

  1. Gerson Santos disse...:

    Eu levo a farinha...

  1. Xande disse...:

    Todas as questão extra campo não me interessam nesse momento. Tu falou certo, eles colocaram o Avaí nessa e terão que tirar.
    Minha parte eu faço que é ir aos jogos e torcer.

  1. Sabe Alexandre, acho que eu não conseguiria viver neste meio. Pois creio que se eu fosse o presidente do Avaí, tinha mandado uma dúzia de jogadores embora (ou deixaria treinando a parte) por terem feito corpo mole e disputaria a competição com o time da base. Cairia para série B? Provavelmente. Mas teria agido como homem. Nós criticamos os políticos, mas em todas as áreas tem profissionais que agem de forma idêntica a muitos políticos por aí. E depois com que cara criticam ou exigem coisas e pessoas?
    Torço para que o Avaí supere mais essa.
    Abraços!

  1. Meus amigos, não sou xenófobo, mas só quem é daqui de Floripa, da região é que entende o significado de valorizar o Avaí.
    Esses estrangeiros que vêm jogar aqui não conhecem a nossa história, nossas conquistas, nossos dissabores.
    Duvido que o Marquinhos, se estivesse no time, deixaria tudo isso acontecer.

  1. Anônimo disse...:

    Visão palpitante neste blog, tópicos como aqui vemos dão motivação a quem aparecer nesta página :)
    Escreve maior quantidade de este web site, aos teus cybernautas.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets