Vontade de dizer não

sexta-feira, 18 de março de 2011

O conformismo é a atitude dos fracos, que não têm força ou coragem para questionar regras ou valores estabelecidos. Tá lá no Aurélio, portanto, não estou dizendo nada de novo, não é novidade alguma. O conformismo se vê, por exemplo, em povos atolados até o pescoço pelas doutrinas filosóficas fechadas, ou que permeiam a exposição da censura à expressão. Viu-se ontem, no Japão, por exemplo, uma manifestação pela falta de água, luz e telefone, graças aos terremotos, e muita gente se surpreendeu, pois culturalmente o japonês é conformado.

Aqui na Ilha, uma cidade sem prefeito, cujo IDH está caindo assustadoramente e as pessoas não dizem nada, a maior torcida de futebol por aqui, aquela que veste azul e branco, está conformada. Acha até um bom resultado empatarmos com o Ipatinga. Pudera, parece que o perdão cristão evangélico contaminou a patuléia.

Ainda que o planejamento elaborado pelo Avaí neste ano tenha sido assustadoramente ruim, que o jogadores dispostos em campo sejam uma caricatura de time de futebol e que o campeonato catarinense esteja comprometido ou acabado pranós, não vejo razão para este conformismo exposto por parte da torcida com o resultado no meio da semana. Seria dizer “ah, já que não vai, não me incomodo”. Não. Eu digo não 100 vezes. Aí é que é pra gente se inconformar.

Não vou me conformar a isso. Não vou me evangelizar a ponto de receber bênçãos divinas do “tudo está bom”. Não, não está nada bom e eu tenho vontade de dizer um sonoro NÃO.

3 comentários:

  1. sergio araujo disse...:

    Cada um escolhe fazer da vida o que quiser,ser escravo do conformismo ou um revolucionario.Mas em ambos os caminhos existem consequencias.

  1. Sergio Junior disse...:

    Meu voto vai para a primeira que me der um beijo. Hehehe

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets