Me dê motivo, pra ir embora

quinta-feira, 7 de julho de 2011

O avaiano já está cantando aquela música de Tim Maia, tal é a nossa sorte. Cada vez mais temos menos gente no outrora caldeirão dos Carianos.
Senti ontem, no jogo, que há uma vontade tácita em apoiar o time. O grito está represado, fruto de tantas e tantas desavenças entre time, torcida e diretoria. Com a torcida no meio, é claro, apanhando feito boi ladrão.
Temos motivos para ir à Ressacada, evidentemente. O bom avaiano não abandona o barco, nem que seja na série Z. Mas seria preciso tanto assim para provar a nossa bravura? Creio que o melhor está por vir, como é sempre no mundo avaiano. Algo nos está sendo preparado. Só não sei se sobreviveremos a tanta pantomima e se o esforço não será em vão.
Temo é pelas gerações futuras. É verdade! Somos portadores de muito mais histórias de derrotas e sofrimentos do que de alegrias e vitórias. Isso, o torpor da derrota e a complacência da queda, a gurizada não atura. Não está no seu ímpeto de guerreiros e de vencedores torcer por um time que não se envergonha de perder.
Os que sobram são estes 4, 5 ou, não mais que 6 mil apaixonados e abnegados, (conforme constatou o meu amigo André) sofredores abusados, cujo caso deve ser estudado por algum centro de excelência em psicologia de grupo no âmbito da catarse coletiva.
Vamos continuar tendo motivos para continuar a ir á Ressacada, por certo. Somos feitos de um aço inoxidável, inquebrável e intortável. Mesmo nas piores derrotas e nas mais absurdas campanhas. Mas não precisava ser assim, né? Quantas pedras jogamos na cruz para sofrer tanto?

8 comentários:

  1. Querido Aguiar!
    Queria tanto que fosse diferente e que nosso manto fosse também sagrado para os demais: diretoria, comissão técnica e principalmente jogadores. É duro viu, ter que acordar e sentir aquele gosto amargo de um misero empato que tem gosto de derrota...Temo pelo que estar por vir. dissestes bem, somos avaianos até na série Z e isso é INEXPLICAVEL até mesmo pela psicologia, mas não merecemos isso. Temo, pelo que vamos enfrentar nestes dois jogos fora, pois a partir de 21/07 será apenas pedreira, pode apostar.

    Saudações avaianas,

    ET - Estou aguardando a tua resposta se poderá ser na terça ou na quarta.

  1. Gilberto disse...:

    Alexandre, se me permites vou reproduzir aqui o que escrevi no comentário do DNAzul:
    A palavra da moda era planejamento.
    Pois ontem alguns clubes jogaram com os jogadores que deveriam estar na seleção sub-20. Oscar do Internacional inclusive fez o gol do time colorado. Mas o Avaí não quis solicitar o Aleks? Por que?
    No primeiro gol do Bahia o Felipe ficou no meio do caminho e no segundo, mesmo que o Aleks não pegasse o cabeceio, ao menos teria ido na bola. Faria diferença? Não sei.
    Ontem à noite Cleverson correu pelos outros, Rafael Coelho no ataque foi quem demonstrou vontade e Pedro Ken mal escalado não rendeu tudo o que jogou nas últimas partidas.
    Quanto ao nosso lateral direito ele era o terceiro ou quarto reserva no Inter, é isso? Pode até dar certo no Avaí, mas é apenas suposição.
    E Gallo e parte da imprensa esportiva continuam achando que Robinho é o cara??? Eu realmente não entendo nada de futebol. E nem sou pago para entender mesmo!
    Agora se é para ficar dando passes no fogo para os companheiros que jogue o Estrada que é muito mais qualificado no quesito passe.
    E quanto aos gols que tomamos já passou da hora de pensarmos realmente em fazer uma linha de quatro zagueiros com um volante de proteção à frente. E talvez nem tenhamos zagueiros suficiente. E pensar que emprestamos um ótimo zagueiro da base, o Clayton (isso é planejamento!)
    E como fizeram na semi-final da Copa do Brasil a que ponto chegamos que o Avaí está sentindo a falta do Bruno e do Diogo Orlando ... (ontem do Batista)

  1. Anônimo disse...:

    Até o visual do uniforme está pior do que a defesa. O calção é horrível (uma mistura de short de basquete, muay thai ou boxeador). Horrível!!!!!!!!!!!!!!
    A camisa é linda, mas com aquela besteira de número fixo é uma aberração.

  1. Anônimo disse...:

    O time não tem nem um camisa 10! Alguém sabe quem é o 10?

  1. Carmen, com certeza essa torcida não merece isso.

    Mais tarde te dou a resposta.

  1. Concordo, Gilberto. Somos um time de reservas, não podemos ir muito longe mesmo.

  1. Anônimo, sou muito ligado nessas coisas de roupa e aparências. Até porque o nosso problema é mais profunda do que uma bela maquiagem.

    O camisa 10 é Dinelson.

  1. Anônimo disse...:

    SABE O QUE É QUE EU DIGO?
    EU NÃO DIGO É MAIS NADA.
    TU JA DISSESSE TUDINHO QUE TINHA PRA DIZER.
    ABRAÇOS. E PELA VOLTA DOS BANDEIRÕES A RESSACADA.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets