Mais uma da Granja

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Os bichos-cricri da famosa Granja Comigo Boi Não Dança, mais conhecida pelas iniciais CBN-D, a Raposa Felpuda, maledicente e ardilosa, o Sapo Duende, encrenqueiro e eterno inconformado, o Bode Espanhol, velho, muito velho e carcomido, o Ratão do Banhado, que não deu certo em lugar algum e acabou dando na Granja e o Morcego Moicano, que posa de intelectual pra fazer gênero, encarangavam de frio e se divertiam vendo os patos, gansos e outros bichos que voltavam de férias passadas nas cidades portenhas, mortos de cansados de tanto não fazer nada.
- Esses aí só fazem firula! – largou de imediato o Sapo Duende, com os pés enfiados numa bota de cano alto branca, para diminuir o frio.
Nisso, surgiu o Papagaio Van Tuiter, todo lépido e fagueiro, esbaforido, para lhes contar mais uma novidade.
- Ora, quem é vivo sempre aparece. – comentou a Raposa Felpuda, arrumando o cachecol. – O que te traz aqui, nobre psitacídeo?
- Rapazes, sempre é bom reencontrá-los. – disse, arfando, o Papagaio. – Mas vocês não sabem da maior. O pau do picadeiro do Circo do Deba está desabando.
- O quê? – admirou-se o Sapo. – Mas era um pau tão consistente.
- O que houve, Van Tuiter? – quis saber o Bode Espanhol. – Lá na Espanha, o pau do picadeiro dos circos é sempre duro e nunca desaba. Os circos da Espanha são os melhores.
- Ressalto que qualquer afirmação requer uma olhada in loco. – arrematou o Morcego Moicano, com o sobretudo tapando-lhe uma asa.
- Então vamos lá pra ver. – combinou o Ratão. – Não é uma má idéia. Você sempre tem boas idéias, meu caro Morcego.
E saíram em direção ao Circo do Deba. Ao se aproximarem das imediações do Circo avistaram o Leão sendo acariciado por um garnisé, que lhe puxava a cauda. O Sapo olhou para a Raposa, que se virou para o Papagaio.
- O que é aquilo? – questionou a Raposa.
- Ah, é que o Leão anda meio lesionado, - disse o Papagaio. – Está uma dor nas quatro patas, e o domador do Leão, o Galo Garnisé o está fazendo treinar em separado dos outros bichos. Ele disse que é um novo método de recuperação, treinar longe dos outros para emagrecer um pouco.
Nisso, o Morcego comentou:
- Vocês viram como o pau do picadeiro está tortinho, mesmo?
- Tá torto, sim, rapaz, e bem fora do prumo. – completou o Ratão.
- Será que está caindo? – perguntou, atônita, a Raposa.
- Vai cair! – sacramentou o Sapo.
- Ah, mas só está um pouquinho tortinho. – contemporizou a Raposa.
- Que nada! – afirmou o Sapo. – Vai cair. Tem tudo para cair. Vai cair com vaca, bezerrinho, banquinho, sinetinha e tudo. – espumava-se o Sapo.
- Ah, mas para ti tudo ali é ruim, nada presta. – observou o Bode Espanhol.
- Nessa coisa de circo ninguém me engana, rapaz. – completou o Sapo.
- E como isso aconteceu, Van Tuiter? – perguntou o Ratão.
- Eu estava assistindo ao desfile das escolas de samba do Rio, do Carnaval de 1999 que eu gravei, porque eu gosto, sabe, e ouvi um barulho estranho, um roça-roça. Fui lá fora e vi o menino encostado no pau.
- Que menino? – antecipou-se o Ratão.
- O menino que anda por aí, dizem que é filho do mágico, dá palpite em tudo, quer mandar em tudo, um chato, sabe.
- Mas o que ele estava fazendo dentro do Circo? – admirou-se a Raposa.
- Ninguém sabe direito. – disse o Papagaio. – O pessoal não informa nada. Dizem que anda capturando os filhotes de quero-quero pro pai usar nas suas mágicas. Como o pai não pode fazer, mandou o filho. Mas é só especulação, hein.
- E como é que deixam um menino fazer coisa de adulto? – espantou-se o Bode. – Lá na Espanha os meninos vão brincar de carrinho.
- Pois é, e será que é por isso que o pau do Circo do Deba está caindo? – impacientou-se a Raposa.
- Isso eu não sei, - arrematou o Papagaio. – mas desde que esse menino anda por aí, até o Leão começou a andar de cabeça baixa também
- E o que diz o mágico a respeito disso? – quis saber o Morcego.
- Olha, eu não sei, ele não fala nada e não explica nada. Tá mudo igual a uma porta.
- Tu também não sabes de nada, hein, Van Tuiter!? – arrematou o Bode Espanhol.
- Ah, isso é o planejamento, rapazes. A gente tem que saber aquilo que é importante e dizer aquilo que ninguém entende. Entenderam? – grasnou o Papagaio Van Tuiter, deixando a todos com cara de paisagem. – Ah, e eu tenho aqui uma camisa pra cada um, que o Dono do Circo mandou dar a vocês. Não é do circo, mas tá valendo, né. Afinal, vocês são nossos amigos.
- Rapazes, acabei de receber aqui a informação que o pessoal da Granja do Vizinho foi até a feira e acaba de levar três beterrabas na cabeça. E trouxe um nabo na bolsa, jogado do lado de fora. – informou o Ratão do Banhado, babando de raiva.
- Tereria chance de eles estarem em má fase? – quis saber a Raposa.
- Não, nenhuma. – completou o Sapo Duende. – Lá tudo é perfeito e tudo é maravilhoso. Lá nada dá errado.
- Uma vez deu. – insinuou o Bode.
- Psiu! – fez o Morcego. – Não toca nesses assuntos. Senão o café não sai. Te acalma.
- Falso! – finalizou a Raposa.

10 comentários:

  1. Meu amigo "das um banho"!

    O circo tá armado... Enquanto isso o Leão padece!

    Abração

  1. Serjão Jr disse...:

    Cuá-cuá, a patinha e o jacare de papo alvinegro estao a chorar. Hehehe

  1. Chorei de rir com o papagaio.

  1. Sérgio disse...:

    Simplesmente o melhor!

  1. Meus amigos, vocês não imaginam a dificuldade que é para mim escrever estas coisas.

    Eu começo a rir antes de concluir.

  1. Vitor disse...:

    Aguiar,
    Pena que voces observaram esses detalhes só agora.
    Tua postagem sintetiza tudo.
    Naquele, dito programa, os comentaristas mais novos que eram autenticos e independentes ja estão dançando conforme a musica dos mais velhos(CHATÍSSIMOS0).
    O QUE TEMO QUE FAZER É MUDAR A SINTONIA DO RÁDIO E NÃO DAR AUDIENCIA PARA ESSA TURMA.

  1. Esteves Junior disse...:

    Muito boa. Parabéns! Ri muito.

  1. Anônimo disse...:

    show de bola. ri muito, e cada vez mais indignado com o van tuiter, o magico cego surdo e mudo, e seu filhote afanador de jogador.
    ta parecendo um ministerio da dilma, onde todo mundo tenta levar umzinho em cima do dinheiro publico, ou, no caso, da torcida e dos cofres do leao. mas sempre com aquela historia de que tem milhoes da SL no avai... nao duvido que ja retirou tudo com juros e C.M. Por isso estamos na lama.
    Bruno

  1. Anônimo disse...:

    Sinceramente, doença tem limite. Quer dizer então que o Avai não ganhou nenhuma partida no campeonato por causa desses jornalistas? E o que faz o Figueirense vencer é o café da manhã oferecido para a imprensa? Não consigo acreditar que esse texto foi escrito por um adulto. Acho que um psicólogo seria o mais indicado para o caso. Sem mais...

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets