É bem menos que uma utopia

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Esta semana foi uma oportunidade de chamada nas chinchas, como dizem os gaudérios. Houve um vuco-vuco entre nós, torcedores, que se estendeu à mídia organizada a nos achincalhar e, até, aos diretores do Avaí. É preciso deixar bem clara uma coisa: ninguém é mais torcedor do que o outro. Todos nós, os avaianos, torcemos para o mesmo time. E isso parece uma obviedade, mas é preciso ser dito, pois supõe-se que alguns se acham mais torcedores que outros. Querem ter mais razões. Apostam que as suas palavras é que fazem a diferença.

Bobagem! Não fazem diferença e isso é que é importante dizer. Tanto as críticas quanto os elogios têm o mesmo peso.

A lavação de roupa federal que se fez na blogosfera, delimitando territórios, deu a dimensão exata do que precisamos para o Avaí daqui para frente: motivação. O torcedor do Avaí terá que se provar macho ou fêmea e afirmar que quer o Avaí fora dessa. Não é uma questão de ser contra ou a favor da diretoria, mas de ser a favor do Avaí. Torcer para o Avaí não dá câncer, como pensam alguns.

Alguns blogueiros ficaram nessa de cara de paisagem. “vamos bater porque é bom, vamos bater porque é bacana.” "Somos os caras, críticos a dar com o pau". E tem uma bem pior: "essa gente que apoia o presidente não apoia o Avaí". Ridícula! Conversa mole! 

Ninguém quer bater no Avaí, essa que é a verdade. Mas, também, ninguém quer dar o braço a torcer, esse é o ponto. Se defender o Avaí vai parecer ser chapa-branca, coisa que muitos abominam. Parece uma doença ruim. Dizer que apoiar o presidente, ainda que ele tenha feito coisa para nos tirar os cabelos, é papo de quem tem cargos a zelar, é hilário. Olha, nem o Zorra Total em uma piada tão boa quanto essa.

Pois eu faço uma provocação de macho pra macho (e de macho pra fêmea, como queriam): ou está todo mundo dentro, ou não há mais como reverter esse quadro. E quando digo estar dentro não é para paparicar o presidente ou as atuações da diretoria. E nem passar a mãozinha na cabeça de jogadores. Cada um sabe onde o calo aperta, que erro cometeu, que bobagem foi executada para deixar a nação avaiana apreensiva e o clube na maior pindaíba dos últimos anos, do ponto de vista técnico. Estar dentro é apoiar o Avaí, que precisa da gente agora. Não me interssa o que hove até agora, faço contas é daqui pra frente.

Não gosto daquele tipo de motivação melosa, de auto-ajuda, de declarações ensebadas. Nada disso. Afaste de mim esse cálice. Eu gosto é de provocar mesmo. Dar de dedo e fazer o cabra provar que é bom na torcida. O sujeito vai por estádio e diz: Avaí, eu te amo! Quero ver. Todavia, ele vai olhar para o lado e procurar alguém da "oposição", para não cair em contradição, é óbvio. Ele até se dá ao luxo de derramar uma lágrima, se o time for bem. Mas logo esconde o rosto, que é para não passar vergonha na frente dos amigos. Afinal, ele é do contra.

O mimimi e o paparico são para os fracos. Portanto, convocações apelativas, com videozinhos chorosos ninguém verá por aqui. Exerço, sem remorso algum, o reforço positivo, apostando no que o sujeito tem dentro dele para se sobressair, para se provar. Tem que se superar. Como já disse reiteradas vezes, a Ressacada é o lugar onde os fracos não tem vez.

Sei de um monte de gente que ficou puta da vida comigo pelo que escrevi aqui nessa semana. Não tem problema. Estou pouco me lixando. A resposta não é pra mim, é para o Avaí. Se ficar com raivinha de mim, mas começar a dar de dedo sincero no Avaí para ele acordar, está comigo.

O que eu quero é que o cabra que for à Ressacada apoie incondicionalmente o time que entrar em campo e faça daquele momento uma decisão de Copa do Mundo. Pode esbravejar, pode xingar, pode chorar, mas que perceba, afinal, que o sonho não é impossível.

Nós podemos e devemos a consciência de que vamos conseguir. Basta querer.

7 comentários:

  1. Carmen Fuhrmann disse...:

    Aguiar,

    Estar contra a diretoria definitivamente não é estar contra o AVAÍ. Não vou mais me alongar... Sou tua fã e já sabes, embora algumas vezes nossas opiniões não sejam as mesmas.

    Domingo com certeza estaremos lá!

    Abçs

  1. Sim, Carmen, mas é isso que venho dizendo. E apoiar a diretoria não significa dizer que esteja de acordo com as suas decisões. Como você mesma mencionou, posso divergir radicalmente de tuas opiniões, mas as respeito. E também sou fã.

  1. Anônimo disse...:

    Alexandre, a fod...que nesses momentos é somente a torcida que faz a sua parte, quando o time não está com a cabeça na guilhotina a diretoria está pouco se lixando para a torcida, na ruim fazem umas promoções chinfrins, mas, deixa pra lá, é na torcida que eu acredito e é ela que vai tirar o Avai desse sufoco, com apoio ou sem apoio dos nossos dirigentes, quanto a essa diretoria rastaquera deixamos para conversar no final do ano.
    Um abraço
    Eron

  1. Adriano Assis disse...:

    Sururu formado mô irmão! Essa semana foi boa! Como em toda família que atura aquela tia chata, o Avaí não é diferente, nunca vai faltar que sorria no carnaval e que chore no velório. A vida segue por que a família é grande! Leitão a pururuca amanhã...

  1. Boa, Eron, é exatamente assim que eu penso. Vou repetir: o fato de apoiar a diretoria não significa que aprove as cagadas que vem sendo feitas. Agora, eu sou de boa vontade e é isso que a torcida deve fazer.
    Perfeito o teu comentário!

  1. É isso aí, Imperador. Nada de ficar de cara amarrada porque não gostou de uma opinião. Não gostou, come menos, como dizia a minha avó.
    E pensamento positivo sempre. O futebol é bom por causa disso.

  1. Anônimo disse...:

    o avai só vai ter jeito quando os associados votarem nos conselheiros e esses votarem na ddiretoria.hoje os associados não tem força nenhuma e a politica dos propios conselheiros ecolherem seus pares é uma vergonha
    tasso

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets