E o queixo caiu

sábado, 22 de outubro de 2011

Recentemente o Avaí tentou contratar um famoso jogador (?) de um time de subúrbio do Rio de Janeiro. Jogava na série B e de tanto ir e vir, e tentar e não conseguir, o famoso jogador não veio.

Foram muitas as especulações, uma delas de que o Avaí não tinha cacife para contratar ninguém, que todo mundo vinha e tirava nossos jogadores, que somos uma baba, etc e blábláblá e tal.

Eis que, num belo dia, um time da periferia de Florianópolis nos aparece com o jogador famoso contratado, estreando em um jogo, fazendo gols e dedicando amores imensos ao seu novo clube. A mídia imparcial nos acalentou com gozações cínicas. O risinho no canto da boca foi elementar.

Aquele pessoal daí da vizinhança teve seus orgasmos múltiplos, pois pipocava na área mais uma chance de destroçar o já combalido Avaí. Chutaram o cachorro morto sem dó e nem piedade.

E eis que o meu queixo caiu. Sabe-se que o famoso jogador era bichado já há muito tempo e que, inclusive, o próprio departamento médico do clube do suburbio do Rio de Janeiro já havia avisado que ele tinha problemas sérios. Não com os desconfortos musculares e tendões aquilianos, que por ventura estão podres mesmo, mas com o bíceps, aquele músculo do braço que nos permite levantar um copo, por exemplo.

E aí eu pergunto: será que, ao menos dessa vez, alguém não reconheceria que o Avaí deu uma bola dentro e não trouxe mais um caco para a Ressacada? Não, nada disso. O quanto mais bater, melhor para o Avaí. Quem sabe com o precioso negativismo a gente fica.

6 comentários:

  1. Kk de Paula disse...:

    Daix um banho! Vai somando que a gente malha.

  1. Boto disse...:

    Mas Aguiar, foi essa a alegação do Avaí para não contratá-lo? Porque ano passado descascaram o Avaí por "não ter tido a capacidade de contratar" o cara e ninguém de dentro do clube se manifestou para dizer "ele não veio porque não estava em condições físicas de jogar".
    Porque os erros do lado de lá é problema deles e estou pouco me f*&¨@#!
    Mas ano passado o mesmo Avaí que rejeitou esse cara, fez um contrato de risco com um jogador de futebol de 34 anos, 120 kg e desconhecido - lembra do Alisson? E ainda pagamos 2 anos e pouco de salário pro Dinelson - que espero que ano que vem venha finalmente defender o nosso clube. E veio Cláudio Caçapa... e por aí vai.
    Retornando ao primeiro parágrafo: se foi feito uma avaliação prévia do cara e ele foi rejeitado por isso, palmas, se agora serviu como justificativa para uma negociaçao frustrada no ano passado, vergonha!

  1. Boto, concordo. Mas será que aquela frasesinha: "Ainda bem que o Avaí não trouxe", ou assim "deram uma dentro ao menos uma vez"? Não estou falando de você, é claro.

    E de mais a mais, existe ética no futebol. Nenhum jogador é descartado em público com a a legação de que está bichado. Um time não contrata e diz: "olha, não vamos trazer o fulano porque ele está acabado para o futebol, ou é cachaceiro, ou e maconheiro." E se alguém disser, é uma tremenda falta de caráter, não é mesmo?
    E aí a gente levanta as hipóteses por achismo.

  1. Boto disse...:

    Agora, ridiculo mesmo foi essa imprensa tentar desmerecer a contratação do Lincoln ante a contratação desse cara pelos do lado de lá.
    Parcialidade ao extremo!

  1. Anônimo disse...:

    Bom, ele seria mais um, entre os 50 furrebas que trouxeram este ano...

    Agora, com relação a ridícula comparação feita pela rede de baixos salários, entre este perna de pau e o ótimo Linconl, foi só mais um atestado de que estes nojentos com microfone na mão usam sempre de má fé com o Leão.

    Mao

  1. Boto e Marco, eu digo isso sempre. A rede de baixos salários é tendenciosa ao extremo.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets