Pela Liberdade de Expressão

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Eu sempre defendi a liberdade de expressão. Ela é a prova máxima de que a tolerância, o respeito e a própria democracia existem onde é aplicada. Todos temos o direito de dizer, opinar e expressar sobre o que quisermos e bem entendermos. No preâmbulo de meu blog, aí acima, está um artigo da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que eu faço questão de manter com orgulho. Uma nação, uma comunidade, as pessoas em geral que não puderem se manifestar atestam um ambiente em estado doentio.

Se alguém não sabe, a liberdade e os direitos e garantias individuais, para ser conquistados, levaram pessoas à prisão e à morte. Se alguém não sabe, dizer o que pensa e ter uma opinião causa furor em muitas sociedades no mundo, onde o ditador do momento prende, mata ou esfola quem ouse dizer o que pensa. Quem sofreu na pele e lutou pela democracia e pela liberdade sabe o preço que isso tem.

Esse debate vou trazer para cá, para o meio da blogosfera avaiana, pois está ficando insuportável a intolerância difundida. Algumas pessoas, não contentes com as opiniões, ofendem descaradamente. Não estão debatendo como gente civilizada, mas optando pelo irracionalismo, querendo impor as SUAS verdades. Insinuam interesses mesquinhos de quem ainda acredita no Avaí e na sua direção. Virou crime defender o Avaí, ou a instituição, ou a diretoria avaiana. Parece que dizer: “vou dar um crédito de confiança à direção avaiana” é decretação de pena de morte. O sujeito que afirma isso, essa disposição em acreditar, pode ser encurralado na rua ou ser apedrejado. Qualé? Que diabos é isso? Eu não tenho o direito de dizer o que penso? E daí que eu tenho a minha opinião? Quer discordar? Discorde, mas como pessoa civilizada.

Uma coisa é o sujeito não concordar de uma opinião, apresentar os seus argumentos, expor as suas posições, às vezes até mais fortes. Outra coisa é a ofensa vil e intolerável. Sim, está virando intolerância. Algo muito parecido com isso acabou numa guerra declarada por um baixinho que falava alemão. Ele queria um padrão, um tipo único de gente e resolveu trucidar e matar os que não concordavam com ele. Alguém aí tem um bigodinho crescendo abaixo do nariz? Credo que troço nojento que está virando isso aqui.

A Kaká criou um texto bacana, onde aponta coisas que são feitas na Ressacada e que sustentam, sim, o Avaí como instituição e quase foi trucidada. Não foi uma pura e simples divergência de sua opinão, mas uma imposição definidora, de que ela não poderia postar aquilo. E o pior é quem também sofre discriminações, está defendendo essa postura, né, Dona Carmen? Que coisa!

O meu blog não é um recanto ideológico, não quero defender verdades absolutas, não estou sendo pago para dar a minha opinião. E nem sou puxa sacos de ninguém. Sou bem independente, se alguém não sabe. Apenas tenho uma opinião, que pode ou não ser diferente do que outros pensam. E quero que sejam respeitadas.

O Avaí tem problemas? Claro que tem. A direção é responsável por isso? Sem dúvida alguma. Precisa mudar alguma coisa? Precisa mudar muita coisa. Quem acompanha o meu blog sabe que venho apontando isso diariamente e só dei uma trégua exatamente porque o momento é delicado. Bater, agora, apontar falhas e defeitos que já vimos durante toda a temporada de nada adianta.

Mas, parece, que pensar assim, é crime. Tenho que ser enquadrado no tribunal da inquisição e ser queimado vivo, se eu não disser que o Zunino é isso e que o Nerto é aquilo. Tenho que apontar os dedos, pois se pensar diferente é porque alguém mandou eu escrever? Estou levando algum? É isso? Que palhaçada!

As pessoas tem que pôr suas mãos na consciência e rever o que estão dizendo e afirmando. Há muita intolerância por aí e esse troço não vai acabar bem. Há que se pensar no quanto de prazer o futebol nos proporciona e o quanto isso acaba virando uma doença. O fanatismo e a intolerância só nos levarão à decadência moral.

18 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    concordo com o amigo não se pode perseguir as pessoas por opiniões diferentes.
    aproveito para repetir a pergunta que fiz na quarta feira; Suprema intolerância; que ficou sem resposta do amigo.
    quem é o punheteiro de pinto pequeno que anda incomodando com sua opinião?
    tasso

  1. Boto disse...:

    "O Avaí tem problemas? Claro que tem. A direção é responsável por isso? Sem dúvida alguma. Precisa mudar alguma coisa? Precisa mudar muita coisa. Quem acompanha o meu blog sabe que venho apontando isso diariamente e só dei uma trégua exatamente porque o momento é delicado. Bater, agora, apontar falhas e defeitos que já vimos durante toda a temporada de nada adianta."

    Concordo contigo - esse inclusive está sendo meu mantra. Mas acho, e espero, que após o final do campeonato voltemos a conversar sobre isso, porque ano passado foi muito comum essa conversa de pacto em prol do clube e depois que acabou estava todo mundo feliz e contente e nada foi feito.

    Inclusive por isso tivemos a "discussão" há uns 3 posts atrás sobre inteligencia x razão x bom senso. Se o torcedor não fosse apenas passional, em vez de treino dos mil, no final do ano passado teria o "esporro dos mil", onde a diretoria teria que entregar a cabeça dos "cariocas", pedir desculpas e dar explicações para tantos e tantos erros cometidos.

  1. Carmen Fuhrmann disse...:

    Aguiar,
    Todos os meus argumentos te respondi no meu blog. pois foi lá que começamos a teclar.Como te disse vou repetir aqui: nada foi direcionado a ti e sabes bem disso. Até por me conheceres e saberes a minha postura, além disso, dissestes bem, sou muito discriminada mesmo, e sabes aqui foram postados quantos comentários em relação a isso. Mas te pergunto: Nestas postagens que autorizastes aqui eras partidário ao que estava escrito com todas as letras? Tenho certeza que não, mas pelo direito de expressão, aceitastes tal comentários, mas isso não quer dizer que estavas contra a minha pessoa. O texto do Rodrigo, como te disse, foi reproduzido, pois sabemos que a administração se perdeu e tem sim muitos agarrados na instituição AVAí "ainda" para levar o seu, tem sim os puxa-sacos que tem seus prestígios e sabes disso. Porém meu amigo, não te coloco neste saco, até porque, colocar as pessoas e generalizar os que são apoiadores da diretoria seria muita falta de inteligencia e isso eu sei que tenho. Espero que tenhas me entendido os meus argumentos. Espero que tenha me feito entender.

    Abçs

  1. Carmen Fuhrmann disse...:

    Como falamos ao telefone, as palavras muitas vezes por si só se traem, mas pense, cada qual com sua argumentação e suas opiniões, esta é a idéia. Ah, e quanto a querer me provocar, fica tranquilo e a vontade eu gosto... hehehehe

    Abçs

  1. Xande Botelho disse...:

    Xará eu até não iria, mas não aguentei.

    O teu texto é muito bacana, só que na teoria é uma coisa, na prática você mesmo não executa.
    Acompanho o blog dos Avaixonados e tenho visto matérias no teu blog criticando a postura do Gerson e outros blogueiros e blogueiras, no caso a Carmen. Não irás me dizer que estou enganado, por favor!
    Ficou um misto de verdade e mentira, é verdadeira a tese, mas a pratica aplicada por ti é mentirosa.
    Talvez seria melhor cada um cuidar do seu quadrado e defender o seu ponto de vista, sem insinuações para depois pedir respeito.

    Fique na paz.

  1. Kk de Paula disse...:

    Querido, hoje em dia escrever qualquer coisa que não seja depreciativa ao clube, virou defeito. Só falta mandar queimar em praça pública.
    Viva os que tem opinião e não se escondem. Todos!
    Pior é comentar de acordo com o blog. Tem cada uma.
    Credo!

  1. Jorge Jr. disse...:

    Faltou a opção curtir. É bem isso aí mesmo.
    Abraço

  1. Tasso, conheces a tal de "figura de retórica". hehe

  1. Boto, foi feito um balanço no ano passado. Mas a situação, embora fose ruim, a dese ano é bem pior. Mas vai haver "relatório", sim, independente da série onde ficarmos.

  1. Carmen e Xande, existe aquela famosa lei da Física, a toda ação há uma reação igual e em sentido contrário. Portanto, o que eu faço é apenas responder ás grosserias. Não deveria e confesso o meu erro, mas meu sangue latino não é de barata.

  1. Kaká, confesso que a minha jabulani já encheu. Isso aqui não dá mais prazer.

  1. Jorge, não sei lidar com intolerância.

  1. Imperador, é de novo e sempre. Encheu.

  1. Anônimo disse...:

    nao conheço mas pensei que vc teria coragem para falar o nome hehehe
    não acho uma boa vc ficar só opinando sobre a opinião dos outros blogueiros. vc tem conteudo e conhecimento para isso de sobra.
    concordo em parte com o companheiro as vezes seu texto é um na prática e outro na teoria pq qdo nao concorda vc diz que são analfabetos, cegos, do contra e punheiteiros de pinto pequeno hehe
    as vezes parece que é vc que é contra a liberdade de expressão.
    não me leve a mau é só uma opinião.
    tasso

  1. Tasso, concordo plenamente contigo. E eu me policio bastante para não cair nessa esparrela. Verdade. Procuro outra forma de texto, busco uma maneira de não cair dessa arenga, mas não dá. Os infelizes aporrinham mesmo. Os idiotas que pensam ser os donos da razão. Eles não fazem críticas, eles apedrejam quem esteja na sua frente e que não opinma como eles querem. Não aceitam o contraditório. Eles não admitem outra coisa que não seja bater discaradamente no Avaí. Não ajudam, nenhum deles, são admiradores da mídia e meninos de recados de diretorias de fundo de quintal. Mas, se fosse só isso, não havia problemas. O pior é que, como não têm argumentos, apelam, ofendem, dizem bobagens. E como eu não tenho sangue de barata, revido. Mas, te confesso, vou parar. Quem se mistura com a merda acaba se cagando também.

  1. Xande Botelho disse...:

    Pra entender xará.
    Me parece que esse texto escrevesse pra ti mesmo meu irmão.
    Sei que adoras a gestão do Zunino, beleza. Tem gente que não e é um direito de cada um.
    Eu acompanho vários blogs avaianos e tenho que ser sincero, não vejo em outros blogs essa postura, mas vejo no teu.
    Se a tua finalidade é de criticar jornalistas e outros blogueiros teu texto é contra ti mesmo, ou melhor, serve muito pra ti.
    Que tal começares a praticar o que escreves?

    Fique na paz.

  1. Xará, vejo que não entendeste nada do que escrevi até hoje. Eu não adora a Gestão do Zunino. Eu apenas dou apoio. Isso não significa achar que tudo está certo. E é aí que os caras me criticam, pois não admitem ese tipo de opinião.
    Liberdade de expressão é poder dizer o que se pensa. De um lado a outro. A ofensa e o insulto por causa de uma opinião expressada são a primeira tentativa de se cercear a palavra. Depois virão o processo e a censura e se não chamarmos a atenção para isso, corremos o risco de ter a palavra podada. Tenho tomado a atitude de arremedar os insultos que recebo. É errado, pois estou agindo pela 3ª. Lei de Newton, mas é uma reação.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets