Quando o Tico e o Teco são apenas dois esquilos

domingo, 11 de setembro de 2011

Estou lendo e acompanhando o caso Miguelito Boca de Sapo x time do Avaí. As coisas que tenho lido são de dar dó. Tenho apreço enorme por muita gente que habita as redes sociais, anda pelos blogs ou mesmo posta comentários. Mas uma confusão enorme foi instaurada. Tem gente mantendo a mente aberta, mas deixou o pouco de tutano cair no chão.

É muita ingenuidade alguém achar que se está dando uma dura na RBS, e principalmente no seo Miguelito, imaginando que ela, a rede, seja um antro de conspirações. Quer dizer, a gente vai bater na RBS para mudar o foco, desviar a atenção da má campanha do Avaí? Alguém está imaginando isso? Por favor, eu esperava mais. Juro, me decepcionei.

A rede famosa presta um desserviço no âmbito do jornalismo, isso sim. E já explanei como essa coisa começou, como foi a sua introdução. Se alguém duvida, há cases e teses espalhados pela internet discutindo isso, tanto contra como a favor. Para quem acompanha o trabalho da mídia em geral, acesse o site do Observatório da Imprensa, ou mesmo o Google, ou o Google acadêmico e investigue o assunto. É rico em detalhes.

Isso aqui não é invenção de uma abobado de chapéu que tem raiva dos gauchos. Isso é mais sério e profundo, tem repercussões. Também não se trata da elaboração de um Protocolo dos Sábios de Sião para a RBS. E no caso específico não há nenhuma forçação de barra ou desvio de foco para "aliviar a barra do Avaí". Tenham a santa paciência. O que acontece, como sempre aconteceu com este sujeito que se diz radialista, é que ele age como torcedor, é boquirroto, tem a língua solta e mais ofende do que comenta jogos. E tem gente, de quem eu esperava mais discernimento, com toda a sinceridade, que ainda acha que ele tem razão, pois é a "fala da torcida".

Usando um bordão típico, " e eu não me aposento com um bom salário".

4 comentários:

  1. É verdade Aguiar!
    É até engraçada a situação, tem blogueiro (a) aí que vive a mudar de opinião a todo instante, claro, dá até prá entender, quem não pensa, não tem opinião própria, tem que ir pelo pensamento dos outros. Antes me julgava de que eu estava "perseguindo a RB$", que eu exagerava e tal, agora, prá não perder a clientela (os tais seguidores, os de sempre, do blog)já está até criticando a RB$.... kkkkk é prá rir mesmo!!! Hoje em dia é fácil ter blog, até uma criança de 8 anos tem, tá tudo alí, mastigadinho na internet, aí se vai dando ctrlc+ctrlv, mudando um pouquinho ali e acolá, e pronto, está feito o blog, evidentemente, sem NENHUMA personalidade.
    Obviamente que não falo do teu e outros que leio frequentemente, pois esses TEM personalidade.
    Mas, a vida segue...

  1. Serjão Jr disse...:

    Aguiar completando, e eu não entendemos como um time no primeiro tempo pode jogar tão mal e ter um segundo tempo quase perfeito. Lei de Murphy: Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.

  1. Adriano Assis disse...:

    Querido Aguiar, não é a qualquer pessoal que coloco o meu rótulo carinhoso e manézinho de "querido" na frente do nome.
    Claro que não tenho a pretensão de ter uma "cado" de tutano de primeira qualidade pra analisar o case da RBS em nosso solo. Na verdade, não dou moral pra eles...
    Como diria meu Avô se vivo fosse, "o costume do cachimbo faz a boca torta", e atribuo ao Miguel Livramento esse rótulo, já tá torto, e no final de linha... O grupo gaúcho, que insiste em passar galpão crioulo domingo de manhã, mantém criaturas como Roberto e Miguel por exemplo para manter uma identidade forçada, mesmo que folclórica, quando vencemos o jogo o "buzinaço" que emana pela 470AM é mais forte, é a audiência, eles tem mais audiência, não a minha, mas tem.
    Que a indignação do segundo tempo se irradie nas próximas rodadas, e que a gente possa mudar de estação também no campeonato.
    Boa noite meu querido.

  1. Adriano Assis, muito bom o seu comentário!

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets