Um time encardido

domingo, 11 de setembro de 2011

Frequentemente nos deparamos com times chatos, aqueles que se der uma bobeirinha vão ao ataque e marcam um, dois gols e acabam com a festa dos donos da casa. São os chamados times encardidos. Pois o Avaí é assim.

O Avaí é um time chato. Se alguém jogar contra a gente de igual pra igual acaba levando os 3 pontos. E de goleada. Mas se achar que está muito fácil, que a baba é um mamão com açúcar, fatalmente tomará gols. E, na maioria das vezes, toma um bela virada também.

O time do Avaí foi para Minas Gerais esperando ganhar o jogo e obter uma vantagem, para poder, na próxima rodada, sair da incômoda zona de rebaixamento. Mas, como sempre, a nossa zaga é uma peneira e não adianta reforçar a marcação, manter um monte de jogadores no meio de campo e nem municiar o ataque. Basta uma bola adversária na defesa avaiana que tomamos gols. Um, dois, três, quantos o adversário quiser.

Porém, cada time que quiser ganhar bem do Avaí deve manter os olhos abertos 24 horas por dia, o tempo todo, pois se cochilar, se achar que o jogo está ganho, vai tomar. Somos um time encardido.

A nota boa desse jogo foi a enquadrada que o William deu no tal de Miguel, aquele que faz bico de comentarista na rede de chupadores de bomba. Pois ele, o nosso artilheiro, exigiu desculpas em público, caso contrário vai fechar a cara para a rede famosa. Ah, como eu torço por isso. Finalmente vai chegar o dia em que o Avaí vai tomar vergonha na cara. Espero que os hipócritas de plantão comecem a perceber o que é essa rádio e o que ela significa.

7 comentários:

  1. Carmen Fuhrmann disse...:

    Aguiar,

    Como falei no meu post, Willian fez o que eu sempre disse que temos que fazer como ouvintes: RESPEITO. Vamos ver o que acontece agora.

    No mais estamos respirando.

  1. Anônimo disse...:

    deveria ser proibido de entrar na Ressacada, aquele MOFO.







    JC

  1. Pois é, Carmen, porém, como já te afirmei, não basta apenas trocar e canal. Há mais a fazer.

  1. JC, o Avaí deve tomar as medidas normais e legais. Todo mundo pode falar o que quiser, mas que arque com as consequências das bobagens que profere.

  1. Após a entrada do Estrada e Cleverson, viramos um outro time. Só não viramos o jogo pois perdemos gols feitos, por falta de qualidade na finalização. Foi um péssimo resultado, obviamente, mas, pelo pouco que jogamos... Quarta feira é levantar a cabeça, a guerra continua!!! Quanto ao MAL, já está gagá e faz tempo! É um ridículo, ele o Sêmem-chato, Castiel e outros, principalmente os da RB$... E pensar que ainda tem blogueiro que defende a RB$... aff!

  1. Dinho, quando vejo os avaianos defendendo a rede famosa, fico com uma pulga atrás da orelha. Que será que há por trás disso?

  1. Gilberto disse...:

    Ainda bem que praticamente não ouço nem leio o que esse meio de comunicação (?) fala e publica. Não consigo ter 100% de afastamento de tal rede, pois vez ou outra quem está por perto os vê ou ouve e acabo sendo intoxicado. Mas por vontade podem apostar que há muito eu não os ouço, vejo e/ou leio.
    Já em relação ao elenco do Avaí, espero que o treinador Toninho Cecílio tenha constatado o quanto Estrada é importante para o time do Avaí e supere as limitações que impedem o colombiano de jogar.
    E dos jogadores que constam do site do Avaí e que aparentemente estão disponíveis eu jogaria com o seguinte time:
    Felipe; Gian, Gustavo Bastos e Thiago Salles (poderiam deixar a torcida conhecer este zagueiro, não?); Bruno, Diogo Orlando (não é unanimidade, mas quando estava melhorando seu futebol foi sacado do time), Cleverson, Pedro Ken, Estrada e Lincoln; e Willian.
    Como opções para o segundo tempo: Rafael Coelho, Leandro Lima e Arlan (como ala ou ponta direita).
    Se o nível do campeonato brasileiro não estivesse tão ruim eu teria convicção do rebaixamento do Avaí. Mas como ninguém neste campeonato disse para que veio, ainda está tudo indefinido!

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets