Uma campanha (nada) histórica

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Ouvi ainda há pouco o velho e surrado discurso do Senhor Paulo Silas a respeito desta campanha do Avaí na Copa do Brasil. Ele reafirma categoriamente que foi uma campanha histórica e que fizemos muito. Eu falo cá com minhas abotoaduras: como pensa pequeno essa gente.

Que campanha histórica o quê, cara pálida? Campanha histórica é fazer a final. Campanha histórica é trazer o título pra casa. Campanha histórica é transformar-se numa referência no futebol. O que o Avaí fez foi disputar um torneio e acabou saindo melancolicamente num jogo estupidamente perdido pelo senhor Paulo Silas. Essa que é a verdade.

Alguém sabe de algum general que tenha perdido a guerra de maneira tosca e passado para a história? Um bom presidente ter-se sobressaido por haver colocado seu país numa pindaíba? Um carro de corrida que tenha ficado sem combustível a poucos metros da chegada ficou guardado na história da Fórmula Um? O aluno que errou as questões da prova, mesmo que tenha estudado muito?

A história não preserva os fracassados, ainda que tenham se esforçado. Os vitoriosos ficam na história e os perdedores fazem parte da estatística. Daqui a 10 anos ninguém vai lembrar que o Avaí ficou pelo caminho num jogo decisivo contra o Vasco. Talvez lembre daquele jogo contra o São Paulo. E só. Vamos parar de pensar pequeno.

O Avaí, com sua atual estrutura, pode chegar aonde? Conquistar um título nacional? Uma vaga para a Libertadores? Uma Copa do Brasil? Cinco campeonatos catarinenses seguidos? Pode alguma destas coisas? Então é hora de rever certos conceitos? Não se pendura tapete na parede, apenas medalhas e se expõem troféus. Tapete a gente passa por cima. E estamos conversados.

1 comentários:

  1. Campanha histórica? Fazer história é vencer, ser Campeão...

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets