O passado nos condena

domingo, 24 de julho de 2011

Há um movimento por aí pedindo a cabeça do presidente Zunino e chamando a atenção para o que fizeram as diretorias passadas. Uma espécie de saudosismo rastaquera, daqueles bem chinfrins. Há quem queria voltar para a série B, quem ache que na série C é que era bom e assim por diante. Tenho lido alguns dizendo que o estádio encadeirado, moderninho e organizado esfriou a torcida e que preferiam voltar ao velho Adolfo Konder, onde a torcida pegava junto com o time. Eu, particularmente, vejo neste tipo de pensamento uma mediocridade tão grande, que nem sei porque perco tempo e luz para expor tal situação.

Claro que alguns vão logo dizer que isso é pensamento de boca-alugada, por eu ser funcionário da empresa do homem. Então, não poderia ir de encontro à sua administração. Errado, não faço idolatrias a personalidades. Isso é coisa de maricão. Mas, não vou dar mais bola pra isso. Cada um que ache aquilo que quiser. Reivindico é justeza pelas coisas como devem ser feitas.

Lembro-me dos dias em que éramos apenas participantes de um dos campeonatos patrocinados pela CBF. Sabíamos de cor e salteado qual seria nosso futuro. Não tínhamos esperanças! E a nossa imagem era a de singelo esforçado. Naqueles dias, nossos administradores não tinham visão de futuro, apenas passavam por lá, pela Ressacada, para ver como as coisas estavam.

A partir do momento em que começamos a levar essa atividade a sério, houve viradas e reviravoltas. Vícios foram abolidos e virtudes, exacerbadas.

O Avaí cresceu muito nos últimos anos. E o avaiano passou a sentir uma pontada de orgulho e admiração pelo caminho que ia se apresentando. As piadas sutis, que nos comparavam a reles perdedores, deram lugar a uma admiração e reconhecimento. Já não éramos mais uma atração bisonha. Fazíamos alguma diferença no campeonato brasileiro. Tanto nos anos de série B, jogando bons jogos e batendo sempre na trave, quanto no nosso primeiro ano de Brasileirão, fizemos história. E é isso que deve ser resgatado.

Mas a ambição e a cobiça, apanágio de 20 dentre 20 diretorias de clubes brasileiros, nos transformou. O Avaí dos últimos tempos troca de roupa e veste fantasias a cada roncar de barrigas. Uma verdade dita há pouco, vira desmentido logo depois e uma aleivosia no dia seguinte. Estamos nos transformando num clube comum e sem atrativos. Alugamos o barracão do lugar-comum dos demais clubes brasileiros, cuja principal atividade é fazer negócios e deixar o futebol para simples sonhadores. E é isso que precisa mudar.

Retornar ao passado, achar que na pobreza é que era bom é sinal de cérebro curto e mente tacanha. Eu cobro é responsabilidades de quem está á frente do Avaí agora. Eu exijo é carinho e dedicação para com a instituição. Simplesmente tirar um nome e trocar por outro não vai nos adiantar de nada, desde que a mudança venha acompanhada de uma boa dose de atitude.

O Avaí Futebol Clube, o Avaí de Florianópolis e de Santa Catarina, precisa voltar. O Avaí de nossa terra está desaparecendo. É isso que precisamos cobrar. Nomes, personalidades, pessoas, isso tudo passa. O que fica é o Avaí, a única coisa que me importa.

7 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    ...MEU QUERIDO ALEXANDRE...NÃO ENTENDI MUITO BEM SEU COMENTÁRIO...
    DISSE, NÃO DISSE, PENSOU QUE DISSE...ENFIM. 1. - NUNCA FUI PARTIDÁRIO DE VOLTA AO PASSADO (ENTÃO NÃO FALOU COMIGO). VEJO, E COM MUITO BONS OLHOS OS EXEMPLOS DO PASSADO, QUE É COISA BEM DIVERSA...; 2. - DIANTE DOS DADOS ATUAIS, E GRAÇAS A DEUS, LIDO MEDIANAMENTE BEM COM NÚMEROS, ESTAMOS SIM NA SÉRIE =B= EM 2012, A MENOS QUE O "SOBRENATURALDEALMEIDA", ENTRE EM "CAMPO" SE É QUE ME ENTENDES...; 3. - ESTE "NEGÓCIO" DE (ACHAR) E (IR DE ENCONTRO) NÃO É COMIGO...NUNCA "ACHO" NADA, SEMPRE ENCONTRO, E NUNCA VOU DE ENCONTRO..., SOU RECEOSO...VOU =AO= ENCONTRO DAS PESSOAS E DAS COISAS; 4. - QUANTO AO NOSSO ESTÁDIO, ENCADEIRADO E BONITINHO..., SIM ELE ESTÁ. PONHA DINHEIRO E MUITO DINHEIRO NA MINHA, NA SUA MÃO QUE FAZEMOS IGUAL, MELHOR E MAIS BARATO...; 5. - QUANTO AO NOSSO CRESCIMENTO (DO NOSSO AVAÍ), O BRASIL TAMBÉM CRESCEU, E VEJA EM QUE MERDA NÓS VIVEMOS, E ESTAMOS; 6. - COBRAR RESPONSABILIDADES... É ÓTIMO... PORÉM, NEM UMA ASSEMBLÉIA GERAL =eles= QUEREM... 7. - CHEGA...VOU ACABAR VOMITANDO SOBRE A MÁQUINA...
    UM FRATERNO ABRAÇO

    RICA CÂMARA.

  1. NUNCA FUI PARTIDÁRIO DE VOLTA AO PASSADO (ENTÃO NÃO FALOU COMIGO)

    Rica, isso resume?

  1. Anônimo disse...:

    ...RESUME, SIM...MEU CARÍSSIMO ALEXANDRE. COM PEQUENÍSSIMOS REPAROS, FALAMOS A MESMA LÍNGUA. SEMPRE COLOCAMOS O DEDO NA MESMA FERIDA. CADA UM DE SUA MANEIRA...PORÉM, COLOCAMOS.

    RICA CÂMARA.

  1. Seu Cunha disse...:

    Meu caro, já acho que o presente é que vai condenar muita gente. Até porque futebol é momento e o momento é presente.
    Abraços!

  1. Não, meu caro. Se fosse só isso as coisas já estavam resolvidas, te garanto. Eu não sou tanso e nem inocente alegre. Conheço a maioria dos que frequentam Orkut, SouAvaiano, comentários em blog e quetais.
    Há, sim, um sentimento atávico, uma coisa rançosa, um saudosismo rastaquera. Toda vez que há uma crise se pensa num "Fora Zunino e o melhor era no tempo do Félix". Esse discurso tá chato e cansativo.
    Tem que se pensar nele pra frente e não dele pra trás.
    Até porque, tirar o Zunino e não resolver as ingronhas administrativas, não vai adiantar nada.
    Na próxima crise será o quê? Fora Manuelzinho, Fora Joãozinho, Fora Zézinho? Até quando?

  1. Seu Cunha disse...:

    Analisando a crise dentro de campo estás correto, mas a crise não é só dentro de campo.
    Por outra, existe um movimento mesmo que devagar, mas existe para uma Assembléia Geral, importante e democrático, isso não quer dizer que seja um fora Zunino, mas um te liga Zunino, porque acima de ti e desse Conselho "Comemorativo" existe o Avaí e o Avaí somos nós.
    Abraços!

  1. "Toda vez que há uma crise se pensa num "Fora Zunino e o melhor era no tempo do Félix". Esse discurso tá chato e cansativo."

    Assino contigo.

Postar um comentário

Os comentários aqui postados sofrerão moderação. Anônimos serão deletados, sem dó, nem piedade.
Não serão aceitos comentários grosseiros com palavrões, xingamentos, denúncias, acusações inverídicas ou sem comprovação e bate-bocas.
Não pese a mão. A crítica deve ser educada e polida.

 
Força Azurra © 2011 | Designed by VPS Hosts, in collaboration with Call of Duty Modern Warfare 3, Jason Aldean Tour and Sister Act Tickets